.

1 2 3 4 5

18 de dezembro de 2012

Postado por Monique | Marcadores: ,

Muitos falam de caçadores de vampiros – ou falavam mais, até o século XXI aparecer com seus peculiares bebedores de sangue bronzeados, tão dóceis e domados que sequer precisam ser caçados!
Pois bem, muitos ciganos acreditavam que alguns vampiros tinham volúpia e um insaciável apetite sexual. Por conta disso, machos retornavam de suas sepulturas para se satisfazerem com viúvas ou outras moças escolhidas a dedo.
As visitas constantes de um vampiro, poderiam levar uma mulher a engravidar. O filho da estranha união era chamado de dhampir. Os dhampirs possuíam uma espécie de sexto sentido, muito útil para aniquilar vampiros; ao pé da letra, eles os localizavam com extrema facilidade e possuíam toda a proeza necessária para destruí-los sem grandes dificuldades.
Alguns dhampirs mais modernos entre os ciganos europeus gabavam-se, dizendo reconhecer um vampiro a metros, e exterminá-los num único disparo de uma bala em seu coração.
Caçadores de vampiros eram supostos dhampirs, que transformavam seu dom em um meio de fazer dinheiro. Eram contratados por pessoas assombradas pelos predadores noturnos, e cobravam uma boa quantia por seus serviços de extermínio.
Alguns indivíduos acreditavam que o verdadeiro dhampir tinha a pele escorregadia, gelatinosa, e vivia pouco. Por outros lado, havia diversos ditos dhampirs que viviam entre comunidades humanas comuns e tinha o aspecto como o de qualquer outra pessoa.


0 comentários:

Postar um comentário

Escreva, monstrinho.