.

1 2 3 4 5

23 de outubro de 2013

Postado por Monique | Marcadores: , , , ,
E quando a realidade se mistura com a ficção? Há muitos relatos de crimes baseados em vampiros, cometidos por humanos comuns com laço muito estreito entre o mundo real e a fantasia.

1 - Sargento François Bertrand (1824): Detido em Paris por violar túmulos e beber o sangue dos cadáveres e comer sua carne. Embora ele seja um crimoso vampírico, seu nome deu origem ao modelo dos mais bem-sucedidos romances sobre lobisomens.


2 - Henri Blot (1886): Detido por violar túmulos, comer a carne e beber o sangue dos mortos. Teve apenas tempo para violar dois corpos; foi preso rápido por entrar em longo transe hipnótico após completar seu trabalho, permanecendo tempo demais exposto


3 - Joseph Vacher de Bourg (1897):  Cruzava a França a pé, e em seu trajeto, matou pelo menos doze pessoas, mordeu seus pescoços e drenava todo o sangue através dos furos que fazia com os próprios dentes. Foi executado.


4 - Desconhecido (1916): Um dos mais intrigantes na minha opinião.  Após derem notícia de que Bela Kiss, húngara, morrera na Primeira Grande Guerra, seus vizinhos fizeram uma busca em sua propriedade, e lá encontraram os corpos de 31 indivídios, todos estrangulados. Havia uma mordida em cada um de seus pescoços, e todo o sangue drenado de seus corpos. O assassino nunca foi descoberto.


5 - Barão Roman von Sternberg-Ungern (1920): Nobre na Rússia pós-revolucionária, acreditava ser a reencarnação de Genghis Khan. Bebia ocasionalmente sangue humano através de meios legais, mas acabou sendo executado por outros motivos (conflitos com o novo governo)


6 - Estelita Forencio de Pacce (1952): A jovem de Filipinas chupou o sangue de muitas pessoas mordendo-lhes o pescoço. Foi detida por tentativa de assassinato, e a moça dizia que adquirira essa estranha sede de seu marido, e que sofria ataqueles semelhantes dele constantemente.



7 - Salvatore Agron (1959): Morador de New York de apenas  16 anos, vestia-se como Bela Lugosi, bebia-lhes o sangue e matava suas vítimas durante a noite. Foi executado pelos inúmeros assassinatos, e no tribunal, alegava ser um vampiro.



8 - Florencio Roque Fernandez  (1960): Argentino, entrava no quarto de moças à noite, mordia-lhes o pescoço e bebia-lhes o sangue e ia embora. Foi denunciado por 15 dessas mulheres, e detido pela polícia.


9 - Kuno Hoffman (1973): O próprio alemão confessou seus crimes e foi sentenciado à perpétua. Disse que matara duas pessoas, bebera seu sangue, e não bastasse, desenterrara inúmeros cadáveres para drená-los.


10 - James P. Riva (1980): Matou sua avó a tiros e bebeu o sangue que fluía de seu corpo. James alegou que há muito tempo vinha ouvindo a voz de um vampiro, que finalmente lhe ordenou que cometesse o ato, prometendo-lhe a vida eterna.

0 comentários:

Postar um comentário

Escreva, monstrinho.